Como desvendar a Costa Amalfitana, na Itália, em um roteiro encantador

Atrani on Amalfi coast, Campania.

A cerca de 48 quilômetros ao sul de Nápoles está a Costa Amalfitana. Desbravar a região em um barco a vela vai mostrar o cenário perfeito do destino.

Mas muitos também alugam carro para percorrer o lugar com liberdade de paradas nas cidadelas e estratégicas para curtir a paisagem. Os hotéis fantásticos, por si, já valeriam a viagem.

Sete dias são perfeitos para esse roteiro. A The Leading Hotels of the World, com mais de 375 hotéis de luxo em 75 países, selecionou os lugares para começar a se programar, bem como indica os hotéis para entrar no clima de Amalfi.

1º a 2º dia – Positano:

(foto: italyxp)

Positano é uma das paradas obrigatórias na Costa Amalfitana; foto: italyxp

 

A vila de pescadores representa a elegância de Amalfi, com vista para o mar, cafés autênticos, restaurantes e lojas. Um ou dois dias são perfeitos.

Uma dica é fazer um cruzeiro ao longo da costa para vislumbrar as pitorescas aldeias construídas sobre as falésias. Os hotéis mais emblemáticos da região são o Le Sirenuse e o Hotel Santa Caterina. Localizados próximos ao mar, são perfeitos destinos românticos.

O Le Sirenuse tem fama de um glam-resort em Positano desde 1940.

Inaugurado em 1904 como uma hospedaria humilde, o Hotel Santa Caterina foi transformado em um dos mais luxuosos da Costa de Amalfi.

O romantismo do lugar chamou atenção de personalidades como Elizabeth Taylor e Ricahrd Burton, além de Angelina Jolie e Brad Pitt.

Siga a gente nas redes! 😀

Instagram do Lado B

 Curta nosso Facebook!

Twitter: Sigam-me os bons

3º ao 5º dia – Capri:

foto - Capri.com

A Ilha de Capri fica ali pertinho; foto – Capri.com

 

A ilha icônica que tem sido destaque em filmes e livros. A cidade de Anacapri, no lado ocidental, é cercada por trilhas para caminhadas com cenários que parecem mesmo saídos das telas de cinema.

Ninguém pode ir embora sem antes fazer uma visita à Villa San Michele, onde se respira arte, além de um tour de compras ao longo da Camerelle e Le Botteghe.

O glamouroso Capri Palace Hotel & Spa foi classificado como um dos melhores hotéis no circuito de jet-set ,desde os dias que Jacqueline Onassis se hospedou ali em um verão.

Há ainda o  Grand Hotel Quisisana, que atrai um público exclusivo desde a sua abertura em 1860. Vonstruído em 1845, o hotel já recebeu Ernest Hemingway e Jean Paul Sartre. Os hotéis podem ser reservados direto na Leading.

6º e 7º dias – Ravello

Foto: casasusy.com

Ravello tem festival de cinema e literatura; foto: casasusy.com

 

Localizada nas colinas, a cerca de 45 minutos de carro de Positano, Ravello é perfeita para finalizar a viagem. Pequena, silenciosa e elegante, guarda construções antigas em meio a seus jardins e ruas estreitas, à beira do Mar Tirreno.

Na Villa Rufolo, localizada logo na entrada, é organizado o Ravello Festival. Idealizado em 1953 como um festival de música, que faz homenagem o compositor Wagner. Ele se inspirou nos jardins para sua ópera Parsifal.

Além das apresentações voltadas para a música clássica, também há mostras de cinema, arte e literatura.

Mais hotéis maravilhosos:

Experiência all inclusive no deserto traz o melhor do Atacama com o Tierra

Art de vivre nos Alpes! Conheça o 5 estrelas mais alto de Courchevel

Oito coisas imperdíveis no histórico Meliá Nacional Rio

Itália, linda, ainda vou voltar para vc <3 :