Facebook
Facebook
Pinterest
SOCIALICON

fernando de noronha thinkstock r7

Aquela viagem sonhada para Fernando de Noronha pode acontecer ainda neste ano. O negócio é programar-se para conhecer a ilha brasileira mais famosa no mundo.

Reserve pousada com antecedência, pois os locais para ficar são poucos e costumam lotar. Por vários anos, a ilha ficou entre as 20 mais visitadas do mundo na lista do TripAdvisor.

Planejar-se sozinho

Avião: os voos diretos, que duram entre uma hora e uma hora e meia, saem de Recife (Gol ou Azul) e de Natal, pela Azul. E só, não há outro avião para Noronha.

Pelo mar: não há ferry ou barcos que fazem a ligação com o continente. Mas há veleiros e lanchas particulares que podem ser contratadas, principalmente de Recife. O caminho é maravilhoso, mas daí, o céu é o limite para o preço que você vai pagar.

A quatro rodas: é uma ilha sem ligação com o continente. Simplesmente, não.

Com pacotões

No caso de Noronha, em que você provavelmente vai comprar dois trechos para chegar, pacotes de viagem podem ficar mais baratos. Isso porque as agências têm voos fretados e conseguem melhores preços.

Há agências que fazem eventos vips na ilha. Um deles acontece de 11 a 15 de novembro, o Noronha Experience, com roteiro que inclui, além da visita aos pontos turísticos, luau, festivais gastronômicos, passeio de barco e festas exclusivas.

A viagem é comprada já com aérea (de acordo com a cidade do visitante), hospedagem com café da manhã, traslado.

Estão previstos um forró em alto-mar na Baia do Sancho ou de rodízio de pizza da famosa Pousada Zé Maria. Informações e preços via whatsapp: (81) 99508-9368.

Twitter: Sigam-me os bons!

Curta o Facebook do Lado B

Ilhas Chiloé: mergulhe nas lendas e fiordes da porta da Patagônia chilena

Viagem para curtir flores! Lugares especiais para visitar primaveras

Abaixo, não é Noronha, mas é bonito, é bonito e é bonito! Aproveite e siga o Lado B no Instagram: