O museu mais lindo que já visitei: Louisiana Museum fica do ladinho de Copenhagen

ernst_940

De fora, só o jardim de esculturas, acima já vale o passeio no Louisiana Museum of Modern Art, na Dinamarca. De dentro, você passa por corredores de vidro como este acima, para apreciar a arte, na (foto acima de Poul Erik Tøjner)

O museu fica fronteira com a Suécia e pertinho de Copenhague de trem.  A vista dos jardins é para o Mar Báltico, na costa chamada de “Riviera Dinamarquesa”.

Sem dúvida, é o museu mais lindo que já visitei, pelos jardins e arquitetura.

É tanta lindeza que você vai querer fotografar tudo. Fiz isso. E perdi TODAS as minhas fotos (junto com meu iphone) em um trem europeu. Mas isso é assunto e lamentação pra outro post.

Abaixo, vista do jardim para o mar na foto de contestyachts:

1937_IM3_fae24c05fa50c59eb5a5e3a6354cf2bb

Na coleção do Louisiana, obras de artistas famosos Francis Bacon, Dubuffet, Max Ernst, Giacometti, e da Pop Art, como Andy Warhol e Roy Lichtenstein, enchem os olhos.

Uma das criaturas mais famosas no jardim do museu é uma escultura de bronze do espanhol Joan Miró:

1600px_COLOURBOX19430473

Poesia em forma de luzes

Quando visitei o museu, estava em cartaz a instalação Gleaming Lights of the Souls (luzes brilhantes da alma, na tradução livre), da artista plástica japonesa Yayoi Kusama.

Quem me conhece, sabe que não sou de selfies. Muito menos, no espelho. Nada contra quem faz. Só tenho coisas mais legais para fotografar no mundo do que a mim.

Mas uma instalação da artista japonesa Yayoi Kusama me fez pagar a língua. Em um espaço de 16 metros quadrados, paredes e teto são cobertos com espelhos.

No chão, um espelho d’água ajuda a refletir as centenas de lâmpadas penduradas que mudam de cor. Essa loucura aqui que parece um cubo onde você se enfia, sem pé, nem cabeça:

maxresdefault

Impossível resistir às fotos dentro do espaço lúdico, que mais parece poesia em forma de luzes. Nas redes sociais, é possível ver várias fotos como esta, entre outras com obras da artista, com a hashtag #yayoiKusama.

Bateu uma fome? Dentro do museu tem uma lanchonete com buffet a preço acessível. Vale a pena comer de cara para o jardim.

Como chegar?

O museu fica pertinho de Copenhague, em Humlebæk. Da estação central na capital, o trem até o local demora apenas 40 minutos.

Da estação de trem para o Louisiana caminha-se menos de 1 km. Aproveite cada passo para se deliciar com as lindas casas e a paisagem nas ruas dinamarquesas. Pare neste café, na esquina do museu:

 

Mais Dinamarca pra vc!

*Christiania vive Sociedade Alternativa de Raul Seixas

*Onde comer bem e fazer happy hour em Copenhague

 

Author Description

Andrea Miramontes - direitos reservados na autoria

Jornalista, viajante, curiosa, vegetariana e protetora de animais