Facebook
Facebook
Pinterest
SOCIALICON

Pet friendly, Socorro (SP) virou refúgio perfeito para quem quer passar um final de semana na natureza, com trilhas e aventuras acompanhado do seu melhor amigo.

Dos passeios aos hotéis, tudo se adaptou para receber os bichos, com restaurantes, cafés, bares e até um pub.

Pousadas inovaram, com kit pet de boas-vindas, pomar para passear com o dog e até piscina em formato de ossinho, com água na temperatura ideal para eles.

Localizada na Serra da Mantiqueira, a cidade é cortada pelo rio do Peixe, para fazer stand up paddle em direção à cachoeira, com corredeiras para rafting com seu cachorro, árvores gigantes, trilhas, mirantes e cachoeiras.

Perfeita para o seu dog enfiar a fuça na lama. Quer coisa mais deliciosa?

 

O destino fica a cerca de duas horas e meia da capital e tem aproximadamente 40 mil habitantes. Pequenina, limpa e superorganizada.

Fui para lá com minhas filhas de patas, as #cadelasviajantes do Instagram, Maga e Juju, também blogueiras do Patas ao Alto.

Com planejamento, você pode escolher uma data comemorativa, como a festa do milho, da padroeira, arraial, café com viola, rock and beer e mais festivais de música.  Veja a agenda de Socorro.

Abaixo, descubra onde se hospedar com o pet. Também descobri 8 passeios e onde comer com ele ao seu lado.

O melhor é fazer a viagem de carro, pois, para visitar os parques você precisa de transporte. Na oportunidade, testei também um carro pet friendly. Sabe como é?

Trata-se de um veículo que oferece espaço para acomodar bem os dogs, cuja altura facilita a entrada do cachorro e a estabilidade faz com que a viagem seja agradável ao cão. Encontrei tudo isso no Honda WR-V.

Onde se hospedar com o cão em Socorro?

Família unida viaja unida! Maga e Juju (Patas ao Alto) fazem a trilha das cachoeiras, em Socorro (foto Lado B Viagem)

Chalés Santa Catarina recebe seus filhos de focinho com o maior amor

Ficamos nos Chalés Santa Catarina, um charme de pousadinha localizada na rota dos passeios (Caminho Turístico do Rio do Peixe, 1,5)  com gramado, rede e pomar espalhado pelo jardim.

O pomar orgânico, que rodeia a jacuzzi de água mineral e a piscina, tem frutas como laranjas, açaí, coco, abacate e outras. Colha o fruto e coma lá mesmo.

Não há limite de tamanho do cão. Caso seu filho de fuça seja gigante e gordinho, como a Maga, será bem-vindo.  Qualquer pet pode se hospedar, das calopsitas, aos porquinhos e gatos.

Você será recebido pelas duas mascotes adotadas dos chalés, as fofíssimas Preta e Brahma. Com sorte, terá também a companhia de Nala, a montanhês que passeia por lá.

Nala acompanha a dona da pousada, Ana Luiza Russo, que montou os Chalés Santa Catarina há 3 anos. Desde então, todos os feriados costumam lotar de famílias com seus pets.

Os quartos têm rede na frente, uma pequena cozinha e acomodam de 2 a 4 pessoas. Minhas filhas de fuça ficaram comigo, na caminha delas, que levei.

Caso você queira sair e deixá-los na pousada há uma guia presa na varanda do quarto onde ele pode ficar seguro, em lugar coberto e privativo.

Mas viagem pet friendly é sua oportunidade de ficar com eles.  Então, leia as dicas de lugares para levá-los com você.

Ao chegar nos Chalés Santa Catarina, você ganha um kit pet, que tem sacolinhas para catar fezes, tapete higiênico, biscoitinho e bola.

Quanto custa a diária?

A pousada tem wifi incluso, estacionamento, Netflix nas TVs, café da manhã servido no quarto, de acordo com o que você pedir na noite anterior.

A noite para duas pessoas custa a partir de R$ 250. Já com espaço e camas para 4 pessoas, sai R$ 390 a diária. Pets pagam R$ 20 por noite, por animal.

A pousada também criou um espaço para massagens, com uma especialista que oferece tratamentos relaxantes de meia hora a uma hora, excelentes após um dia de aventuras e trilhas.

Depois das trilhas, a massagem da pousada pode ser o melhor programinha da noite

Já do mesmo dono do Parque Monjolinho, que oferece rafting e stand up paddle para fazer com os cães, há outra pousada pet friendly: A Mata que Canta.

Cheio de doguinhos adotados, o investidor Sebastião Ginghini criou no hotel uma piscina em formato de ossinho, com PH regulado para os pets e que será também aquecida.

Maga, do blog Patas ao Alto, visita a piscina pet da pousada Mata que Canta, em Socorro

Como chegar?

A melhor forma de chegar é de carro, especialmente se você vai com seu pet. No site turístico do destino, peguei as distâncias exatas de algumas cidades:

-Campinas – 110 km

-São Paulo – 132 km (demorei aproximadamente 2,5 h, apesar da pouca quilometragem)

-Santos – 200 km

-Ribeirão Preto – 265 km

Hotel fazenda ecologico na cidade de Socorro

Onde passear com seu pet em Socorro?

Há, pelo menos, uns oito passeios para fazer com o pet, especialmente com cães. No parque Aui Mauê, um restaurante delicioso deixa seu dog ficar do seu ladinho na mesa. Veja aqui.

Descer rio abaixo em bote para rafting, fazer stand up paddle em direção à cachoeira, trilhas e mirantes e, em especial, o Caminho de São Francisco, que simplesmente amei.

Conto tudo em detalhes, em especial dois parques muito lindos e que recebem seu pet com simpatia, o Monjolinho e Aui Mauê.

Área do lado do restaurante do parque Aui Mauê, bem na área do lago onde se faz a tirolesa

Viagem com pets

É importante você respeitar a idade e as vontades do seu cão ou gatinho. Se ele morre de medo de piscina e água, nada de rafting para ele. Prefira brincar no gramado dos parques e outros passeios.

Se ele já está velhinho e tem dores nas articulações, fuja de trilha com cachoeiras, pois pedras lisas que escorregam podem machucar seu filho de fuça. Vá aos restaurantes, mirantes e faça caminhadas leves na mata e ao redor de lagoas.

Já quanto a catar as fezes do bicho, nem preciso mais falar que isso é sua obrigação. Leve saquinhos em todo canto e seja um pai/mãe responsável durante toda sua viagem pet friendly.

Verifique também a temperatura no final de semana. Socorro não é um destino de frio, mas como está na serra pode, sim, esfriar. Neste caso, leve roupinhas para ajudá-lo a ficar quente e confortável.

O Patas ao Alto fez uma seleção de apetrechos, roupinhas, cinto de segurança e mais coisas legais de viagem com dogs, escolhidas na Cobasi.

Carro pet friendly vira apê para viagem com cães grandes

Pé na lama! Veja 8 aventuras para fazer com seu cão em Socorro

Parque do Monjolinho, em Socorro, com aventuras e até rafting com cães! veja o post de 8 passeios pet friendly na cidade