Facebook
Facebook
Pinterest
SOCIALICON

alemanha o que visitar

Passeios de barco pelo rio Reno e cervejas Kölsch são parte da alma da identidade cultural de Colônia.

Nos últimos anos, os cruzeiros fluviais se popularizaram, mostrando aos turistas uma vista de tirar o fôlego da famosa cidade velha de Colônia.

Para os que preferem terra firme, também é possível conhecer o Reno a pé, em passeios pelas margens em cima de uma bicicleta ou sobre patins.

Um dos destaques da região é o antigo deque Rheinau, recentemente reformado, que conta com restaurantes, cafés e galerias à beira do rio. Lá estão localizados os espetaculares Kranhäuser (casas guindaste), prédios contruídos por famosos arquitetos de Hamburgo.

Outra atração é a ponte Hohenzollern, que liga o centro de Colônia à Estação Central e tem, ainda, outra utilidade: os casais penduram cadeados à ponte e jogam as chaves no rio como prova de amor.

No verão, é possível ter um gostinho do Mediterrâneo em uma das belas praias do Reno, enquanto se degusta um copo de Kölsch bem gelada, a bebida típica da região. Existem 27 marcas da bedida em Colônia.

Segundo uma convenção de 1985, apenas cervejas fabricadas na cidade e arredores podem ser chamadas de Kölsch.

Parada gay – a festa colorida

Uma das cidades mais descoladas da Alemanha, Colônia abriga também uma das maiores comunidades homossexuais da Europa. Um a cada dez habitantes sente atração por pessoas do mesmo sexo.

Conhecida como “capital gay da Alemanha”, a cidade tem equipes esportivas LGBT, associações a parada gay, a Cologne Pride (CSD), realizada desde 1991.

destino gay colonia Alemanha

Tecnicamente classificado como protesto, o evento parece mais uma festa com suas cores e clima de positividade. Realizada na primeira quinzena de julho, durante a parada a cidade brilha com as cores do arco-íris. P

Pessoas de todas as orientações sexuais são bem-vindas às festividades. Basta ter respeito ao próximo e valorizar o amor.

Onde ir

Existem lugares essenciais para quem deseja conhecer e se aventura pelo universo LGBT.

No centro da cidade, na Praça Heinrich-Böll, próximo da ponte Hohenzollern, fica o Pink Triangle, um memorial dedicado a gays e lésbicas vítimas dos nazistas.

Já o Cold Corner, na Markmannsgasse, é um memorial criado pelo artista Tom Fecht em homenagem às pessoas que morreram em decorrência da AIDS.

Já na Cidade Velha, a Praça Heumarkt acolhe a concentração da Cologne Pride e também é conhecida como o centro da cena fetichista local.

O burburinho da cidade está no Triângulo das Bermudas, formado pela região entre Neumarkt, Zülpicher Platz e Rudolfplatz – enquanto os bares se concentram próximos à Schaafenstrasse.

Já as ruas Mittelstrasse, Pfeilstrasse e Ehrenstrasse são as preferidas para compras. O Triângulo das Bermudas também é o quarteirão mais efervescente da noite gay.

Um dos bares mais antigos e conhecidos é o ExCorner, com mais de 20 anos de história. Outros endereços muito populares são Deck 5, Maxbar, Cox-Cologne, Iron, Amadeus e Baustelle4u.

O roteiro é um presente para você, direto do Centro de Turismo Alemão, DZT.

Mais roteiros fantásticos:

Castelos e jardins! Curta o melhor Copenhagen de bike

Planeje férias inesquecíveis nos alpes, em Courchevel

Cachoeiras gigantes e paredões de 1.700 m na Noruega

Toronto 40 graus! Descubra as delícias do Canadá no verão