Facebook
Facebook
Pinterest
SOCIALICON

giverny foto org

Pode-se dizer que o pintor Claude Monet criou o impressionismo. Foi quando ele pintou o quadro “impressão, nascer do sol” que nasceu a palavra,  sinônimo de um movimento na arte.

Monet nasceu em Paris, 14 de novembro de 1840 e, aos cinco anos, sua família se mudou para Le Havre, na Normandia (França).

As estradas, a arquitetura e as paisagens que encontramos nesta belíssima região da França faz parecer que estamos dentro de um quadro de Monet.

Luz, novas cores, movimentos e ângulos que somente a natureza poderia proporcionar foram parar nos quadros. E assim inspirou uma nova forma para a pintura ao ar-livre: o impressionismo.

Le Havre, Giverny, Paris e toda Normandia foram palco para que os pintores quebrassem todas regras da arte acadêmica e começassem a nova escola.

Monet desenhava nas praias da Normandia e foi em uma dessas oportunidades que conheceu Eugene Boudin, precursor do impressionismo.

Ele ensinou e inspirou Monet reforçando a importância de trabalhar ao ar-livre e de trabalhar jogos de luzes e cores.

Em 1873 Monet se mudou para Giverny. É o lugar dessa foto de abre do post (autoria Ariane Cauderlier). Ele pintou em Giverny a belíssima e famosa série de quadros chamada “Nenúfares”, abaixo.

A casa, rodeada de flores e verde, em um jardim com uma ponte em estilo japonês, lota de turistas todos os anos.

É lá que está o famoso “Jardim de Monet”, hoje se tornou Fundação Monet. Nesta casa Monet morou até sua morte em 1936.

*Inesquecível: faça um voo sobre falésias de Étretat 

*Planeje férias inesquecíveis nos alpes, em Courchevel

 

800px-Monet_-_Nenúfares