Facebook
Facebook
Pinterest
SOCIALICON

Problemas médicos em viagens e hospitalares lideram o ranking de perrengues mais frequentes da última temporada de férias (dezembro e janeiro), sendo 61,28% das ocorrências.

Vão desde indisposição intestinal, febres, até fraturas e problemas de saúde ocasionados por impactos climáticos.

Veja no quadro os principais problemas:

Em segundo lugar, estão as ocorrências de auxílio na localização de bagagem, por extravio, seguidas pela compensação por demora ou cancelamento de voo, despesas odontológicas e cancelamento de viagem.

“Imagine ter que arcar com os custos de um simples atendimento médico-hospitalar no Exterior, que pode custar no mínimo US$ 3 mil nos Estados Unidos, dependendo do problema de saúde”, observa Celso Guelfi, presidente da GTA, sobre a importância de viajar prevenido com o seguro.