Facebook
Facebook
Twitter
Visit Us
Pinterest
SOCIALICON

Viagem para conhecer um destino europeu de bicicleta é algo mais comum do que se imagina. E não estou falando de atletas, mas viajante normal, que usa a bike como transporte no destino.

Existem até tours prontos, nos quais você vai de cidade em cidade pedalando. Na Holanda, o país das duas rodas, há passeios chamados bike & boat, para conhecer vários cantos do país de  bicicleta que entram nos barcos.

Ao descer, pedala por estradas ladeadas por campos de tulipas e moinhos de vento

Tours para pedalar pela Holanda unem bike e barco (foto: Facebook/Visit Holand)

Mas embora o objetivo não seja uma medalha, tudo precisa de preparo, como explica Gabrielle Palmieri, educadora física e professora da academia Competition.

“Mesmo o cicloturismo não sendo uma competição, é preciso estar minimamente condicionado. Ao menos o suficiente para conseguir realizar todas as propostas da viagem com prazer e segurança”, aconselha.

Outros tours levam bikes por várias regiões, pedalando por cidades históricas com paradas para degustação de vinho, como faz a empresa Duvine.

Viagem de bike pela Europa pode unir cidadelas lindas com degustação de vinho (Facebook/Duvine)

Como se preparar?

Tudo exige preparo. Até para não se cansar demais durante a pedalada e perder algum dia de Europa. Afinal, você paga aquele dia em euro, nunca se esqueça.

“É recomendável que o viajante inicie seus treinos de quatro a seis meses antes da viagem, procurando manter uma rotina específica de bike”, completa Gabrielle.

No preparo, a professora ainda sugere uma série de estímulos no físico. “Devem ser variados, treinos intervalados, de ritmos mais fortes e contínuos, para recuperação e mais longos”, aconselha.

Gabrielle lembra também das malas de viagem. Muitas vezes, o viajante vai ter que pedalar com peso extra, como uma mochila, portanto, fortalecimento também é necessário.

Na sugestão para quem vai embarcar em uma aventura como esta, ela montou um treino misto, indoor, outdoor e de musculação.

“Sugiro dois a três treinos semanais na musculação e a mesma quantia de bike, em aulas. E pelo menos um treino de bike por semana outdoor”, conta ela que, na Competition, une as aulas em sala com as de rua, ministradas pela consultoria parceira 4any1.

A saúde também tem que estar em dia para uma viagem como esta, lembra a preparadora física.

“É superimportante fazer uma avaliação médica antes. Caso a pessoa não esteja apta fisicamente e liberada pelo seu médico melhor não ir”, finaliza.