Twitter
Visit Us
Follow Me
Pinterest

A famosa expedição norueguesa em prol dos Oceanos sustentáveis, projeto One Ocean, chegou ao Rio de Janeiro neste dia 23 de fevereiro.

A expedição faz parte da Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável (2020-2030), lançada pela Organização das Nações Unidas (ONU).  A embarcação partiu em agosto de 2021 da Noruega, para onde retorna em 2023, após dar a volta ao mundo. Terá visitado 36 portos em países diferentes.

O projeto tem como principal objetivo chamar a atenção e compartilhar conhecimento sobre o papel crucial dos oceanos para um futuro sustentável numa perspectiva global.

one ocean - foto noruega no brasil

O veleiro Statsraad Lehmkuhl atua como uma universidade flutuante; foto: Vitor Marigo/ Consulado Geral da Noruega

“Todos compartilhamos o mesmo oceano e dependemos dele para nossa alimentação, nossa prosperidade, nossa saúde e para o futuro de nossas comunidades costeiras ”, afirmou Marianne Fosland, cônsul geral norueguesa.

O navio-escola norueguês Statsraad Lehmkuhl ficará no Brasil até o dia 26 de fevereiro. O veleiro atua como uma universidade flutuante, que recebe estudantes e jovens líderes, além de ser palco para conferências, seminários e mais eventos a bordo.

Durante as paradas nos portos, disponibiliza acesso a dados, vídeos e histórias da expedição para inspirar jovens, cientistas e cidadãos a engajar-se em prol de ações de proteção aos oceanos.

one ocean - foto noruega no brasil - navio sustentavel

foto: Vitor Marigo/ Consulado Geral da Noruega

Programação

A programação da expedição One Ocean no Brasil inclui reuniões e eventos políticos, culturais e científicos.

No dia 24 de fevereiro, o navio-escola sediará o seminário Green Technology for Sustainable Oceans (Tecnologia Verde para Oceanos Sustentáveis), realizado pela Embaixada da Noruega no Brasil e pelo Consulado Geral no Rio de Janeiro com representantes de empresas e autoridades norueguesas e brasileiras.

“Nossos países são grandes estados oceânicos. A Noruega e o Brasil dependem de indústrias oceânicas sustentáveis ​​para nossa prosperidade, nossa saúde e para o futuro de nossas comunidades costeiras. E sabemos que o oceano pode nos dar mais recursos e serviços – se for administrado com cuidado e de forma sustentável”, ressaltou Odd Magne Ruud, embaixador da Noruega no Brasil.

Embaixador da Noruega no Brasil, Odd Magne Ruud (direita) e cônsul-geral do país Marianne Fosland (esquerda) na chegada da expedição norueguesa ao Rio de Janeiro - foto: Vitor Marigo/ Consulado Geral da Noruega

Embaixador da Noruega no Brasil, Odd Magne Ruud (direita) e cônsul-geral do país Marianne Fosland (esquerda) na chegada da expedição norueguesa ao Rio de Janeiro – foto: Vitor Marigo/ Consulado Geral da Noruega

Para familiarizar o público brasileiro com a expedição One Ocean, há também um vídeo do evento musical on-line Ocean Alarm, com a apresentação do músico norueguês Kenneth Ishak e da brasileira Luiza Lian e imagens da expedição e o veleiro e de depoimentos de diplomatas sobre a sustentabilidade dos oceanos.

A gravação ficará disponível até 10 de março, no YouTube.

“Esperamos que a visita do escola-navio Statsraad Lehmkuhl contribua para conscientizar e engajar o Brasil nas áreas de combate à pesca excessiva e poluição marinha, para motivar o Brasil para se tornar um membro do Painel de alto nível dos oceanos sustentáveis. E também mostrar que a Noruega é um parceiro relevante na área do mar e na transição às práticas mais sustentáveis – ou seja, uma transição verde – em relação ao setor de energia”, ressaltou a cônsul-geral norueguesa.

Para mais informações sobre a Expedição One Ocean no Brasil acesse aqui.

Para destinos sustentáveis, siga o @ladobviagem no instagram!

O que fazer em Mônaco, pequeno país, um gigante em sustentabilidade