Facebook
Facebook
Twitter
Visit Us
Pinterest
SOCIALICON

Conheço gente que começa a correr só para maratonar por cartões-postais pelo mundão, os atletas viajantes. Não os culpo.

Algumas corridas de rua, maratonas ou não, realmente podem virar a viagem da sua vida, como partir da Torre Eiffel em direção a Versalhes, correr com vista para o rio Douro, no Porto e passar por jardins e museus holandeses.

Quem decide enfrentar os desafios tem que se preparar.  O ideal é começar com as distâncias menores. “Para enfrentar 21K é preciso já ter completado provas de, pelo menos, 10K”, afirma Ivo Moraes, gerente da academia Competition Training Gym.

Maratona de Amsterdam passa por túnel de um dos museus mais lindos do mundo, Rijksmuseum

Ele conta que a preparação deve ser iniciada com seis meses de antecedência, no mínimo, e ter acompanhamento profissional.

Várias corridas são tentadoras para fazer ainda em 2019. Achei a de Berlim, em 29 de setembro, Londres, em 13 de outubro, Valência, na Espanha, em 1 de dezembro e a mais tradicional entre corredores, de Nova York, em 3 de novembro.

Em provas internacionais,  o profissional lembra ainda que é preciso ter atenção ao clima e fuso horário. “Chegue com 1 ou 2 dias de antecedência, para se adaptar às condições e fazer o reconhecimento do percurso”, completa Moraes.

Fiquei de olho nestas três abaixo, por terem distâncias mais curtas e passar por lugares maravilhosos.

1 – Paris/ Versalhes – 29 de setembro

Chamada de “Le Grand Classic” ela começa na Torre Eiffel e vai até Versalhes. Um luxo de corrida em 16,2 km.

Corrida de Paris vai da Torre Eifell a Versalhes, em setembro

Para participar, os organizadores exigem um atestado médico específico. No site do evento não há mais vagas, mas ainda existe a possibilidade com operadoras especializadas que fazem o pacote a partir do Brasil.

2- Maratona de Amsterdam – 20 de outubro

Com três opções de percurso, 8k, 21k e 42k, passa por jardins holandeses e por um dos museus mais lindos do mundo, Rijksmuseum.

Quem já foi a Amsterdam certamente passou por aquele túnel que dá acesso ao museu.

O lugar é famoso por suas obras raras de Rembrandt, Van Gogh, entre outros. Quem ama Van Goth pode ainda ver sua obra completa em outro museu dedicado ao artista, na cidade.

Tire mais dias para passear pelo destino. É imperdoável deixar de alugar uma bike para explorar os canais holandeses.

3 – Rock n Roll Santiago – 16 de novembro

Também tem quatro opções de percurso, como 3k, 5k e 10k, além da meia maratona de 21 quilômetros.

É a corrida para baladeiros. Ou seja, viajantes / baladeiros / maratonistas, um tipo específico de corredor que privilegia a diversão na hora de se exercitar.

Durante a corrida, você curte bandas de rock no caminho. Ao finalizar, assiste ao show com direito a um acompanhante.

Depois, aproveite para passear e jantar em Lastarria, a vila Madalena chilena, ou comer nesta chocolateria abaixo, para repor toda energia gasta e voltar com mais histórias para contar.