Twitter
Visit Us
Follow Me
Pinterest

Espaços gastronômicos tomaram parte de calçadas. Isso continuou  como uma nova geografia nos diferentes bairros de Buenos Aires.

Mas a grande aposta agora são os mercadões, rooftops e espaços gourmet, especialmente os dois que detalho mais abaixo.

Onde comer em Buenos Aires nunca esteve tão gostoso.  A cidade tem mais de 7.000 bares e restaurantes, muitos deles reconhecidos entre os melhores da América Latina.

Restaurantes de alto padrão continuam oferecendo pratos elegantes.

Os tradicionais mercados de San Telmo, Belgrano e San Nicolás são apostas, assim como aconteceu com a refuncionalização do Patio de los Lecheros de Caballito.

Agora, novos mercados gastronômicos entram em cena. O Mercado de los Carruajes, Mercat ,em Villa Crespo, e o Mercado del Soho, em Palermo, são propostas gourmet com design, com produtos naturais, degustações e entretenimento.

Outra tendência é a dos rooftops e terraços ao ar livre, que oferecem drinques autorais e gastronomia de excelência.

No segmento cultural uma das principais novidades é a Colón Fabrica, espaço interativo onde o visitante aproveita os bastidores e em que cenografias das obras mais importantes representadas no teatro.

Mercado de los Carruajes

Mercado de las carruajes em Buenos Aires (foto: turismo de Buenos Aires)

Na Avenida Alem 852, na região do Bajo Porteño, o passado e a modernidade se conjugam em um edifício de 1900 declarado Patrimônio Histórico da cidade.

O Mercado de los Carruajes abriu suas portas em uma iniciativa gourmet com alimentos, bebidas e produtos frescos.

Antigamente, nesse prédio ficavam as cocheiras das carruagens presenciais. Mas hoje, enquadradas por paredes originais de ladrilhos San Isidro, um majestoso portão de acesso e vitrais restaurados

Mercat

Mercat, novo mercado em Buenos Aires (foto Aguiar Buenos Aires)

Mercat Villa Crespo é um novo gastronômico que oferece ingredientes de produtores artesanais, alimentos selecionados e degustações.

Destacam-se as pizzas caseiras com farinhas orgânicas, um bar de tapas e tortillas, queijaria e comida vegana do Oriente Médio.

Também há sorveteria vegana, street food, cervejaria e vinheria, cafeteria, diferentes ervas orgânicas e acessórios para mate, pastelaria, mercado saudável e diet.

Para roteiros veganos, vegetarianos e destinos sustentáveis: Siga @ladobviagem

 

 

Camden Town, a meca do fast food vegano em Londres

Como é o mercadão de Mônaco? Veja comidinhas monegascas vegetarianas

 

Delicioso, chá das 5h vegano em Londres tem trufas negras e espumante