Twitter
Visit Us
Follow Me
Pinterest

Praias maravilhosas, caiaque ao lado de golfinhos livres e esculturas gigantes espalhadas em um jardim exótico são alguns dos motivos para você estender sua viagem pela Flórida até Punta Gorda.

A cidade de Punta Gorda fica a sudoeste da Flórida, a aproximadamente 3h de carro de Orlando e de Miami.

Você pode se hospedar por lá, que tem excelentes restaurantes e um centrinho fofo, e alugar um carro para visitar as praias ao redor e até a comunidade mais sustentável da Flórida.

Uma boa pedida para curtir drinks especiais ao famoso pôr do sol do Estado em rooftops charmosos, fazer ioga na praia, comer em restaurantes lindos, passear a pé ou com bikes gratuitas.

Punta Gorda fica na região de Charlotte County, conhecida por um dos ecosistemas mais ricos do Estado.

Vamos a alguns dos passeios imperdíveis nesta viagem.

Don Pedro Island: golfinhos e caiaque

Pela primeira vez, vi golfinhos livres a um metro de mim, saltando do ladinho do meu caiaque. A remada pela barreira Don Pedro Island vale cada minuto.

A ilha é uma reserva natural, com manguezal protegido e praia quase intocada. Don Pedro Island fica a pouco mais de uma hora de carro de Punta Gorda, em Charlotte Harbor, segundo maior estuário marinho da Flórida

Trata-se de um paraíso protegido com vida marinha riquíssima. O caiaque começa com a remada pelo mangrouve (mangue) e inclui a travessia por um túnel lindíssimo de plantas.

Caiaque pelo túnel de mangue em Don Pedro Island, perto de Punta Gorda, na Flórida (foto Andrea Miramontes)

Depois, segue para a praia, na qual só é possível chegar assim, remando. Não há acesso por terra.

Além da possibilidade de ver golfinhos no caminho, você encontra também dentes de tubarão na areia.

Não é uma praia com bares, baladas e comércios. Pelo contrário, depois da orla intocada, há somente um espaço coberto com banheiro.

Tudo é rústico, muito limpo e  cheio de verde. A atração aqui é a natureza.

Dentes de tubarão na areia da praia em Don Pedro Island Beach, na Flórida (foto Andrea Miramontes)

 

Esse passeio de 3 horas é tão especial que rendeu um texto só para ele, com muitas fotos e tudo o que você pode encontrar, inclusive, manatee, o peixe-boi americano, animal em risco de extinção.

Dá um play neste vídeo do Facebook Lado B Viagem. Antes desse golfinho, pularam muitos do meu lado, mas são rápidos demais e fica difícil flagrar com a câmera ( a foto profissional de abre desta matéria é da Hooked on SUP)

 

 

Peixe-boi do lado de caiaque na área do Don Pedro – Foto: Hooked on SUP

Ioga na praia e Englewood Beach

Há 40 minutos de carro da Punta Gorda está a praia Englewood Beach, frequentemente listada entre as mais desejadas dos EUA.

Com toda infra-estrutura ao redor, a praia tem uma orla preservada, areia branquinha, perfeita para famílias em férias.

Não é raro avistar golfinhos, manatees (peixe-boi) e encontrar dentes de tubarão na areia, sinal de que a natureza nesta  área também é muito bem-preservada.

Ao visitar, fiz uma aula de ioga gratuita que acontece todos os dias por lá. Leve seu mat ou toalha e junte-se ao Loving Light Yoga.

Com duração de uma hora, a aula é gratuita, mas eles sugerem uma doação de 5 dólares.

Ioga na praia em Englewood Beach (foto Andrea Miramontes / Lado B Viagem)

Acorde cedo e vá fazer ioga na praia, em Englewood Beach, na Flórida, pertinho de Punta Gorda (foto Andrea Miramontes)

Parque de esculturas gigantes

Esculturas gigantes rodeadas de plantas exóticas, visitadas em uma caminhada fotográfica deliciosa. Peace River Botanical & Sculpture Gardens é um achado em Punta Gorda.

Localizado no Rio da Paz, o parque tem diversidade de cinco ecossistemas, incluindo pântanos. Há um mangue que se pode visitar com o acesso por ponte.

Entre as esculturas, que emergem da água e das plantas, destaco a gigante Ostriches, com chineses em alumínio.

As esculturas de Yu Zhaoyang foram vistas em Siena, na Itália, mas moram neste parque. São impressionantes.

Outra bem legal é uma do artista Andy Warhol, chamada Yellow Andy, feita pelo artista Jack Dowd.

Passeio para caminhar em silêncio, fotografar, sentar no jardim e repensar o quanto é especial o agora, estar nesse lugar, nesse momento.

Ostriches, minhas esculturas preferidas no jardim botânico de Punta Gorda (Andrea Miramontes / Lado B Viagem)

 

Peace River Botanical & Sculpture Gardens, em Punta Gorda – Andrea Miramontes / Lado B Viagem

Esculturas gigantes emergem da água no Peace River Botanical & Sculpture Gardens – Andrea Miramontes / Lado B Viagem

Andrea Miramontes / Lado B Viagem

Peace River Botanical & Sculpture Gardens, em Punta Gorda – Andrea Miramontes / Lado B Viagem

Bikes gratuitas

Não é só divertido, ecologicamente correto e descolado. É também a melhor maneira de conhecer a cidade.

Em Punta Gorda, há um programa de empréstimo gratuito de bicicletas, conhecido como Yellow bikes. Mas cuidado, tem que devolver até as 17h, então, pegue cedo, às 10h.

A bordo da bike, passeie pelo tour de murais da cidade, visite o centrinho e aproveite o pôr do sol na Flórida. Além das ciclovias, a pedida é circular pelos trechos ao longo do Rio da Paz.

Imperdível também pedalar pela rota que faz o tour dos murais da cidade.

Punta Gorda Historic Mural Society, que organiza os murais, é uma instituição sem fins lucrativos dedicada a preservar a história da cidade.

A arte começou a ser espalhada por todos os cantos em 1995, e hoje são 31 murais históricos para ver. Há um miniguia com mapa ajuda a organizar a pedalada.

Mural em Punta Gorda (foto Andrea Miramontes)

 

Murais são atrações pelas ruas de Punta Gorda, na Flórida – Andrea Miramontes

Murais espalhados em Punta Gorda, Flórida – Foto Andrea Miramontes

Uma das paradas, que pode ser seu almoço, é no Fishrmen’s Village, uma concentração de restaurantes em um pier charmoso. O lugar costura ter também shows ao vivo.

Fishermen’s Village também é o melhor lugar para aproveitar o pôr do sol.

Comunidade mais sustentável dos EUA

A uma hora de carro de Punta Gorda está a futurista  Babcock Ranch, uma pequena comunidade tecnológica e sustentável que parece saída de um filme.

No destino 100% sustentável, veículos públicos são elétricos sem motorista, para transportar pessoas ao comando de app. Absolutamente  tudo é abastecido por energia solar.

O maior sistema solar de abastecimento de uma comunidade está lá, foi criado pela FPL (Florida Power & Light Company).

Absolutamente todas as construções são abastecidas com placas solares, que também estão nas curiosas árvores solares, em locais públicos.

Árvores solares estão dispostas pela cidade e servem para recarregar dispositivos portáteis – Andrea Miramontes / Lado B Viagem

As esculturas de árvores com placas que captam energia do sol servem como estações de recarga de dispositivos portáteis.

Não deixe de passear nos veículos elétricos sem motorista, chamados por app.

Trata-se de um sistema público de veículos elétricos compartilhados. A idéia é que moradores dispensem veículos próprios.

Veículos públicos elétricos e autônomos (sem motorista) pedidos por app em Babcock Ranch – Andrea Miramontes / Lado B Viagem

Almoce por lá no Table and Tap, restaurante orgânico com o conceito Farm to Table. Tudo que se consome foi produzido na comunidade.

É o lugar sustentável que já pisei.  A comunidade nasceu assim, desde a primeira grama plantada.

Neste link você encontra mais lugares incríveis para explorar durante sua viagem à Flórida.

Artigo publieditorial feito em parceria com o Visit Florida

Veja também:

Fuga na Flórida: os 3 melhores passeios em Fort Myers, Sanibel e Captiva

Don Pedro Island State Park: caiaque por túnel de mangrove com golfinhos livres na Flórida

Gênios vizinhos: conheça o museu de Ford e Thomas Edison, em Fort Myers, na Flórida