Twitter
Visit Us
Follow Me
Pinterest

Entre os ecossistemas mais ricos dos Estados Unidos, Flórida surpreende pelas ações de sustentabilidade a cada viagem.

Animais livres em reservas preservadas,  incentivo ao turismo sustentável em hotéis, passeios e gastronomia verde colocam o destino na lista dos meus preferidos.

Sustentabilidade passa por tudo isso e muito mais, inclusive, pelas escolhas gastronômicas.

Explorar a criatividade vegana, vegetariana, farm to table (da horta para a mesa) e responsável na produção é um dos meus programas preferidos.

E na região Sudoeste da Flórida, em Fort Myers, Sanibel, Captiva e Punta Gorda, encontrei muito chef criativo.

Couve-flor assada com ervas, do chef John Ellis, no Perch 360, em Punta Gorda- Foto: Andrea Miramontes / Lado B Viagem

 

Em Punta Gorda, experimentei a couve-flor assada com ervas, do chef John Ellis, no Perch 360. O restaurante fica no rooftop do Wyvern Hotel, excelente opção para se hospedar no destino.

Martini com lichia e manjericão acompanha a refeição. Afinal, bons drinks locais não faltam nos meus roteiros.

Outro exemplo, entre muitas delícias que provei por lá, é o arroz negro, com coco, cogumelos selvagens, aspargos e ervilhas, da chef Jeanie Roland, famosa por mostrar suas invenções na TV norte-americana.

Experimentei o prato no restaurante a Perfect Caper, também na pequena e charmosa cidade.

Neste link, você pode ver os pratos e lugares veganos/vegetarianos que encontrei em Fort Myers e nas ilhas.

Hotéis e cidade do futuro

Nessa região da Flórida está também comunidade mais sustentável (e tecnológica) que já pisei, Babcock Ranch, que descrevo logo abaixo.

Lá, tudo é abastecido com energia solar, veículos elétricos tomaram as ruas, esculturas de árvores solares estão distribuídas pela cidade para quem precisar carregar seu celular.

Hotéis seguem a mesma linha. Em Fort Myers, fiquei hospedada no Pink Shell Beach Resort & Marina, à beira-mar.

O hotel acompanha o programa Florida Green Lodging,  que mantém registro de proprietários ecologicamente corretos, comprometidos com reciclagem, eficiência energética e conservação de água.

São quase 400 propriedades no programa do Departamento de Proteção Ambiental da Flórida, o que facilita a localização de acomodações comprometidas com a proteção dos recursos naturais.

Pink Shell - Foto Andrea Miramontes

Pink Shell Beach Resort & Marina, em Fort Myers Beach – Foto Andrea Miramontes

100% energia solar

Ao andar por Babcock Ranch, na Flórida, me senti caminhando no futuro. A cidade/comunidade fica a uma hora de Punta Gorda.

O destino 100% sustentável tem veículos públicos elétricos e sem motorista, que transportam as pessoas ao comando de app.

Tudo é abastecido por energia solar, e as pessoas ajudam a gerar energia para a cidade com a rotina diária, como ao pedalar na academia.

Ao se exercitar na bike, o monitor mostra ao usuário o quanto de energia foi armazenada para usar nos prédios e iluminação das ruas. Demais né?

A comunidade sustentável Babcock Ranch (ponto vermelho no mapa) fica ao Sudoeste da Flórida – Foto: Reprodução/ Google Maps

A idéia é não precisar de carro particular. Os veículos elétricos sem motorista também são capazes de entregar compras nas casas das pessoas.

Mas como na Flórida todo mundo tem carro, a comunidade também tem pontos de abastecimento para veículos elétricos, para incentivar o uso.

babcock ranch

Veículo público elétrico e autônomo, em Babcock Ranch – Foto Andrea Miramontes

Pontos para recarregar carros elétricos em Babcock Ranch, na Flórida - Andrea Miramontes

Pontos para recarregar carros elétricos em Babcock Ranch, na Flórida –  Foto: Andrea Miramontes / Lado B Viagem

Árvores solares

A energia solar que abastece toda cidade é fruto de uma parceria pioneira com a concessionária Florida Power & Light.

Como em qualquer lugar, moradores pagam pela energia usada em suas propriedades. No entanto, o valor é baixo, pois as regras de construção fazem com que as casas não demandem muita energia.

Mas e as benditas árvores solares? São esculturas úteis. Espalhadas pela comunidade, as árvores solares foram criadas em uma combinação de tecnologia, funcionalidade e arte.

As esculturas captam energia solar para a cidade e têm pontos para  recarregar dispositivos portáteis.

Escultura de árvore solar em Babcock Ranch – Foto Andrea Miramontes

Farm to table

Toda comida da comunidade é produzida lá. Eles seguem o conceito mais fiel de “farm to table”, que significa alimentos vindos da fazenda que vão direto para a mesa.

Terrenos e hortas comunitárias foram criadas para que moradores cultivem seus próprios alimentos.

Em Babcock Ranch há dois restaurantes orgânicos. Alinhado às políticas verdes do lugar, Table and Tap não poderia deixar de ter muitas opções criativas vegetarianas e veganas.

Sorvete vegano de chocolate com café em Babcock Ranch, na Flórida - Andrea Miramontes / Lado B Viagem

Sorvete vegano de chocolate com café em Babcock Ranch, na Flórida – Andrea Miramontes / Lado B Viagem

Babcock Ranch tem também um plano para manejo da água. Toda água de irrigação vem de fonte reutilizável.

O lugar não é uma cidade, mas a independência está nos planos. A comunidade ainda está no começo, mas a idéia é crescer com hospitais e escolas para todas as idades.

Agora, imagine as crianças que crescem em um lugar como este, com a consciência ambiental já inserida na rotina diária. Não seria um sonho criar seu filho em um lugar assim?

Mais passeios sustentáveis na Flórida você encontra neste link.

Praça principal de Babcock. Ao fundo, um dos prédios da cidade, cheio de placas solares, como todos – Foto: Andrea Miramontes

Artigo publieditorial feito em parceria com o Visit Florida